55 11 995668890 [email protected] Perdizes - São Paulo

Isa Rosa, a história de uma menina que só gostava da cor rosa

Isa Rosa

Livro de autoria de Roberto Weigand, pela Geraçãozinha, conta a divertida história de uma menininha que não queria saber de outras cores. Um dia, seu desejo se torna realidade, e o mundo vira cor de rosa. Já pensou?

Mova o cursor abaixo para ver o que a fada azul aprontou:

O mundo antes O mundo depois

Entrevista com o autor e ilustrador Roberto Weigand

O livro foi escrito em forma de poesia, você lê bastante poesia? Por que escolheu escrever Isa Rosa em verso?
Não sou um consumidor voraz de poesia. Escrevo em versos de forma intuitiva. Gosto do desafio de ser comunicativo usando rimas. Se eu não conseguisse contar bem a história usando rimas, contaria em prosa. Além disso, é muito divertido quebrar a cabeça para evitar rimas forçadas e manter a musicalidade dos versos.  E as crianças são mais receptivas para os versos do que os adultos. Apesar disso, não espero adotar os versos como um jeito pessoal para contar novas histórias. Vai depender de cada história.

A personagem Isa Rosa foi inspirada em alguma criança?
A personagem é totalmente inspirada em Isadora, minha filha, que desde que aprendeu a andar começou a escolher a própria roupa. Como outras meninas, teve a fase rosa, quando torcia o nariz para outras cores. Depois, adotou o lilás e o roxo. Às vezes, até eu não percebia qual era diferença… Mas ao mesmo tempo, acho que traços da personagem evocam um pouco a “Emília” do sítio, com seu jeito atrevido e teimoso de quem acha que pode mudar o mundo.

Você acredita que a criança faz alguma distinção entre as cores ou é influenciada pelos pais?
No caso de Isadora, minha filha, o jeito tipicamente feminino e a atração pela cor rosa aconteceram de forma totalmente natural. E o rosa não é uma cor comum nas roupas da mãe dela ou de outros exemplos femininos na família. Mas não dá para descartar a influência da TV, de bonecas como a “Barbie” e outros estímulos na escola.

Você acha importante discutir questões sobre diversidade e preconceito com as crianças?
Entre as crianças, sabemos que o bulling é uma característica ligada à intolerância. No mundo adulto, isto evolui para o preconceito racial, social ou de escolha sexual. Então é importante introduzir o assunto desde cedo, dentro de casa e na escola, respeitando-se os níveis de entendimento de caixa faixa etária.  No livro Isa Rosa, coloco a discussão usando a metáfora das cores. Da menina enxergar o belo além do rosa, de ela entender a importância da diversidade. Acredito que a literatura é uma forma de encantar, divertir e, principalmente, ensinar.

Client
Editora Geraçãozinha
Categories

Deixe uma resposta

Required fields are marked

Vamos fazer coisas incríveis juntos!!!

has been added to the cart. View Cart